quinta-feira, 5 de janeiro de 2012

Evento: Uma Noite na Taverna de dezembro, foi para fechar o ano com chave de ouro!

.
Fotos: Eduardo H. Martins

Em dezembro de 2011, o Uma Noite na Taverna homenageou o poeta Manoel de Barros, com um vídeo reportagem da Globo News - que contava a trajetória do artista e sobre seu processo de criação contado pelo próprio - e com o recital poético interpretado pelos tavernistas PakkattoRomulo Narducci e Rodrigo Santos (foto acima da direita para esquerda). Muitas pessoas apaixonadas pela obra de Manoel de Barros compareceram ao SESC São Gonçalo para celebrarem a sua belíssima poesia. A poesia das coisas simples cantadas com a beleza transcedental de um poeta magnífico que é.

O evento ainda contou com os poetas convidados Tiago de Barros, Luizinho Lima e Rinaldo Raposo Ribeiro (lançando seu livro de poesia Luz das Trevas). A música ficou por conta de Magno da Gaita atacando de trovador solitário empunhando sua gaita e seu violão e que contou com a participação do irreverente ator Reinaldo Baso.  

Os tavernistas iniciam o recital com os poemas de Manoel de Barros.

Rodrigo Santos

Pakkatto

Romulo Narducci
O poeta Rinaldo Raposo Ribeiro lançou o seu livro Luz das Trevas no evento.


O poeta falou um pouco de sua obra e ainda recitou os seus versos agradando ao público.



Em seguida, foi a vez do poeta Tiago de Barros (que se autodenomina ironicamente de "O Poeta Analfabeto") recitar pela primeira vez no evento os seus textos.





Era noite de estréia, Luizinho Lima, também recitou pela primeira vez no Uma Noite na Taverna. Sua carisma e seus versos simples o aproximaram do público e nos fez lembrar do grande poeta João Brunhosa.




Finalizando com a poesia, os tavernistas - como já é tradição - recitam seus poemas autorais. Romulo Narducci foi o primeiro e na sequência, Pakkatto e Rodrigo Santos.





Com alguns problemas técnicos Magno da Gaita foi ao palco e enquanto as coisas se ajeitavam aproveitou e recitou uma de suas poesias. Com tudo resolvido, não demorou para ganhar o público que o acompanhava repetindo os refrões de suas músicas e aplaudindo bastante.





E o que era bom só poderia melhorar! Magno convidou ao palco o ator e intérprete Reinaldo Baso para cantar com ele uma de suas músicas, que estará em seu CD que será lançado esse ano.





E assim, com o som do violão e da gaita de nosso amigo trovador, encerrou-se a última Taverna do ano de 2011... com chave de ouro!


Evoé!
.

2 comentários:

Mairy disse...

Perdi isso tudo?!!!!!!!Dia 14 3starei lá, sem falta!!! Preciso conhecer essa gente boa, prestigiar esse evento maravilhoso!!!bjks

Fernando Carvalho disse...

Aproveitando o noite na taverna...Filosofia de boteco...

http://www.grupoliquidificador.com/2012/03/filosofia-de-taverna.html